História da Santa Casa de Misericórdia de Penedo

 

Hospital Nossa Senhora da Conceição

 

 

              Em 1522 conforme descreve o grande historiador Dr.° Jayme d’Altavilla, aportavam os historiadores em sua história de civilização das alagoas. Neste mesmo ano Thomaz do Bonfim Espíndola marca a primeira incursão bandeirante invés do São Francisco,  da qual resultou a fundação de Penedo.

             No ano de 1560 chega o segundo donatário da Capitania de Pernambuco Duarte Coelho de Albuquerque – apontando no local chamado Rocheira, mandou erigir uma Feitoria (escritório de agentes de companhia comercial nas colônias, conf.). Dicionário Prático de Língua Portuguesa. Nascia oficialmente neste mesmo ano o Penedo, que seria Vila e depois cidade.

            Em 12 de abril de 1639, elevado à condição de Vila com o nome de Vila Penedo do São Francisco, recebeu o título de “mui nobre e sempre leal”.

            Os tempos correram, sendo progresso marcante no campo comercial e no cultural ensejando-lhe condição de ser elevada à categoria cidade pela Lei Provincial n° 3 de 18/04/1842, sendo assim as condições de cidade teve seu porto aberto para a navegação de navios estrangeiros pelo Decreto Imperial n° 3749, de dezembro de 1866.

            Em um dos vapores vindos da Europa, chegou ao Penedo um português de nome João Pereira Alvares, natural da freguesia de S. Salvador de Ramalde, termo vizinho da cidade de Porto e do mesmo Bispado. Estabeleceu-se  como comerciante e por sua conduta honrada conquistou a admiração da comunidade penedense.

            A então Vila do Penedo do Rio São Francisco pela sua condição ribeirinha era sujeita a epidemias diversas, com as enchentes provocavam moléstias febris, vitimando a tantos e de modo especial a pobreza. Com essa situação inspirou ao Cel. João Pereira Alvares, homem de fé cristã a vivência evangélica, a necessidade de ser instalada uma CASA DE MISERICÓRDIA. Sendo um cidadão de posses, solteiro, sem herdeiros, resolveu erigir uma casa para hospital, junto à Igreja São Gonçalo Garcia, sob a invocação de Nossa Senhora da Conceição.

            Esse marcante acontecimento se deu no ano de 1767, sendo feita a doação oficial em 03 de fevereiro de 1770, conforme se encontra na inscrição em pedra na entrada do prédio do hospital.

            Essa casa de hospital era no oitão da Igreja de São Gonçalo Garcia, ali permanecendo até o ano de 1886, quando foi transferido para o convento de Nossa Senhora dos Anjos dos Padres Franciscanos.

            É de salientar que Penedo foi a primeira localidade de Alagoas onde se instalou uma Santa casa de Misericórdia, a 15 de fevereiro de 1838, através de Resolução Provincial, quando o mais antigo estabelecimento hospitalar alagoano que de conhece o Hospital Nossa Senhora da Conceição, fundado em 1767, recebeu o título e o privilégio de funcionar como Santa Casa de Misericórdia.

            Fundada pelo português João Pereira Álvares, sob a proteção de Nossa senhora da Conceição, depois intitulado Santa Casa de Misericórdia, a fonte primordial mais antiga acerca desse estabelecimento, das consultadas por Ernani Otacílio Mero, foi o livro de atas de eleições e termos de posse de Confraria da Santa Casa de Misericórdia de Penedo.

 A Casa de Oração

      No local do templo consagrado ao Mártire São Gonçalo Garcia à Praça Floriano Peixoto da cidade do Penedo/AL, havia uma pequena ermida, onde devotos e esmoleiros faziam as suas orações. Essa ermida foi construída na primeira metade do século XVII. Em vista do crescimento da vida religiosa naquela ermida, resolveu os devotos do Martir construir uma capela, isto acontecendo no ano de 1682, organizado por Craveiro Costa e Torquato Cabral, no governo de Euclides Malta.

      Ali, os esmoleiros faziam suas preces, ensejando a criação de uma irmandade que se deu no ano de 1758, sendo administrador o Comandante Manuel Martins Ramos. Essa agremiação religiosa recebeu o nome de Irmandade de São Gonçalo Garcia dos Homens Pardos do Penedo.

      Um homem de grande sentimento religioso e de posses o Comandante Manuel Martins Ramos, viu que a capela não mais atendia as necessidades do culto, propôs aos companheiros construir às suas custas uma igreja espaçosa e compatível com a dignidade do culto religioso. Todos acordavam com a proposta e foi lavrado um termo e assinado pelos presentes, no qual o administrador assumia total responsabilidade pela construção, cabendo à irmandade, ao longo do tempo, indenizar as despesas.

 

15 de agosto – Dia Nacional das Santas Casas de Misericórdia

 

      A história desses hospitais começou em Portugal, quando dona Leonor de Lencastre se tornou regente do trono no lugar do irmão, Manuel, o Venturoso, e fundou a Irmandade da Misericórdia. A instituição filantrópica foi criada no dia 15 de agosto de 1498 e passou a administrar o Hospital de Nossa Senhora do Amparo. Em 1562, a Irmandade também passou a cuidar do Hospital Real de Todos os Santos de Lisboa. No Brasil, as Santas Casas de Misericórdia foram criadas a partir do século XVI, devido ao grande número de doentes sem recursos.

Fonte: Livro –  A origem de Datas e FestasAutor: Marcelo DuarteEditora: Panda Books

     A história da Saúde do Brasil tem a marca da presença das Santas Casas de Misericórdia. A primeira delas foi criada em 1543, na cidade de Santos (SP). Além do atendimento hospitalar, as Santas Casas também ofereciam suporte aos marginalizados, atendendo a população na doença, no abandono e na morte.

     A atuação assistencial e filantrópica influenciou a criação de outras entidades com a mesma missão. Hoje, os 2.100 hospitais filantrópicos que assistem a população brasileira continuam fazendo história e, mesmo enfrentando muitos problemas, ainda respondem por 51% dos atendimentos por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

 

Fonte: http://www.femipa.org.br/blog/2014/08/15-de-agosto-dia-nacional-das-santas-casas-de-misericordia/

.

COMPLEXO HOSPITALAR

SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE PENEDO

Avenida Getúlio Vargas, 423

Penedo/AL - Centro

Fone: 3551-2508

HOSPITAL REGIONAL M. DR. JOSÉ CORREIA FILHO

Avenida Wanderley, s/n

Penedo/AL - Santa Luzia

Fone: 3551-2888

2015 © Todos os direitos reservados a Santa Casa de Misericórdia de Penedo | Desenvolvido por NetDell Soluções Tenológica